Bioshock

Bioshock para iOS 1.0.5

O Bioshock no iOS pode sobreviver ao seu Big Daddy no PC?

Bioshock balançou a consciência coletiva dos gamers quando foi lançado no PC 2007. Ele transpirava estilo e atmosfera, enquanto o seu combate em primeira pessoa conseguia misturar tiroteios abertos com armadilhas ambientais. Ler descrição completa

PRÓS

  • Tecnicamente impressionante
  • Arte e áudio fantásticos
  • Uma experiência maravilhosa e envolvente

CONTRAS

  • Restritivo em uma tela menor
  • Controles complicados
  • Não tão bom quanto no PC

Muito bom
8

Bioshock balançou a consciência coletiva dos gamers quando foi lançado no PC 2007. Ele transpirava estilo e atmosfera, enquanto o seu combate em primeira pessoa conseguia misturar tiroteios abertos com armadilhas ambientais.

O seu mundo envolvente e a história foram pontos altos do jogo, que todos deveriam experimentar.

Isso dito, com o jogo agora disponível em quase todas as plataformas, temos que nos perguntar: estas versões para celulares são realmente as melhores maneiras de experimentar este clássico?

Bioshock na palma da sua mão

No iOS, o Bioshock possui quase tudo da versão original. Em termos técnicos, isso é uma façanha, reproduzindo toda a experiência de Rapture na palma da sua mão perdendo muito pouco. É verdade que nem tudo foi implementado, mas quase toda a experiência original é reproduzida fielmente.

Enquanto esta é uma grande notícia, há também seu lado negativo, ou seja, a marca que o jogo deixa em seu dispositivo. Pesando incríveis 2,6 GB, você precisa de muito espaço para começar a considerá-lo. Isso para não mencionar os requisitos mínimos. Se você não estiver ostentando um iPhone 5, iPad 4, iPad 2, mini ou inferior, então você não poderá desfrutar os prazeres de Bioshock.

Defeitos virtuais

Os jogos em primeira pessoa que se concentram em tiro e combate nunca saem bem em um touchscreen. Exigindo ter um polegar em ambos os lados da tela, isso come a maior parte de sua janela para o mundo. Combine isso com a interface na tela e você terá uma visão estreita, que muitas vezes impede ver os elementos vitais da ação.

Enquanto cada elemento da interface individualmente funciona bem, o efeito global está longe de ser perfeito. Antes da sua figura sair fora da tela para atirar, leva tempo demais para ser eficaz. Este é pior quando você enfrenta criaturas mais rápidas que pululam regularmente ao seu redor, porque no momento em que você quiser dar um tiro, elas estarão muito longe.

O Bioshock misturou também as características típicas dos jogos de tiro com uma série de elementos ambientais e armadilhas. Por exemplo, você pode eletrificar a água para dar choques nos inimigos, ou queimá-los acendendo óleo no fogo com vários poderes que você coleta ao longo do jogo. Infelizmente, como o uso das armas tradicionais, isso só funciona se eles ainda estiverem perto de você.

Se você tem um gamepad, nada disso vai ser um problema. Se não tiver, vai ter a mesma frustração que causou quando joguei.

No fundo do mar

A direção artística de Bioshock sempre foi, para mim, o seu destaque. A cidade sub-marinha de Rapture está cheia de um art deco em estilo 1950, que está preparada perfeitamente contra os aspectos práticos de viver debaixo d'água, com seus dramáticos arcos e pilares que sustentam as portas herméticas.

A cidade foi tomada pela ganância e o egoísmo de seus habitantes, o que a levou a cair em um estado de abandono opressivo. A música licenciada da época ecoa pelos corredores regularmente, aumentando ainda mais a ansiedade envolvente deste mundo.

Os personagens são igualmente poderosos em sua aparência. O principal inimigo, o Big Daddy, se tornou instantaneamente um ícone do jogo. Uma mistura de design industrial e tecnologia dos anos 50 criou criaturas gigantescas, que se parecem a bombas de mergulho caminhando, com enormes brocas penduradas. Seus passos batendo e o grunhido dão muito medo, condizente com sua estatura.

Todos os personagens têm cuidados similares no design. Mesmo os bandidos comuns provocam calafrios, graças às máscaras sem expressão que eles usam para esconder seus rostos retorcidos.

Embora o desenho continua a ser maravilhoso, algumas concessões foram feitas para iOS. Isso inclui a remoção de uma série de efeitos de iluminação e de detalhes, roubando textura e profundidade ao mundo.

Apesar de todas as suas falhas, a não ser que você compare lado a lado com a versão para console ou PC, essas pequenas diferenças são difíceis de detectar. O jogo inteiro é, infelizmente, menos envolvente, e não só porque se joga em uma tela menor.

Incrível, só que não

A pergunta tem que ser feita: por que o Bioshock para iOS? Sacrifícios foram feitos, e quando a maioria tem acesso a qualquer console ou PC que pode executar o jogo original, por que você iria resolver jogar este clássico de uma forma reduzida?

Se você está viajando muito, e realmente quer Bioshock em qualquer lugar, então isso não é um problema - especialmente se você tiver acesso a um gamepad. Não se pode negar que ele ainda é um jogo maravilhoso e tem uma parte técnica maravilhosa, mais isso também destaca o fato de que os dispositivos móveis ainda não podem se igualar à experiência em casa.

Bioshock

Download

Bioshock para iOS 1.0.5